nossas leituras

Atualizamos periodicamente a nossa lista de leituras e referências

 

.BALIBAR, E. A filosofia de Marx. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1995.
.BATTHACHARYA, Tithi. “How Not To Skip Class: Social Reproduction of Labor and the Global Working Class”. Viewpoint Magazine, Issue 5 (Social Reproduction), 2015. Disponível em: https://goo.gl/DcqEaw.
.BOLTANSKI, Luc e CHIAPELLO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2009.
.BROWN, Wendy. “American Nightmare: Neoliberalism, Neoconservatism, and De-Democratization.” Sage Publications, Inc. Political Theory, Vol. 34, No. 6 (Dec., 2006), pp. 690-714.
________. Undoing the Demos: Neoliberalism’s Stealth Revolution. New York: Zone Books, 2015.
.BRUNHOFF, Suzanne. La Monnaie chex Marx, Paris, Sociales, 1967.
.DARDOT, Pierre e LAVAL, Christian. A nova razão do mundo: Ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Boitempo, 2016, p. 18.
________. Comum: Ensaio sobre a revolução do século XXI. São Paulo: Boitempo, 2017.
.DASTON, Lorraine e GALISON, Peter. “The image of objectivity”. Representations, vol. 0, Issue 40, Special issue: Seeing Science (Autumm, 1992), pp. 81-128.
.DELEUZE, Gilles. Post-Scriptum sobre as sociedades de controle. Conversações: 1972-1990. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992, p. 219-226.
________; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.
________. O anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia. São Paulo: Editora 34, 2011.
________; LAPOUJADE, D; ORLANDI, LL. A ilha deserta e outros textos: textos e entrevistas (1953-1974). São Paulo: Iluminuras, 2006.
.FEDERICI, Silvia. Calibã e a Bruxa: Mulheres, corpo e acumulação primitiva. São Paulo: Elefante, 2017.
________. “Women, land struggles and the reconstruction of the commons”, Working USA: The Journal of Labor and Society, vol. 14, pp.41-56, 2011.
________. Revolución en punto cero: Trabajo doméstico, reproducción y luchas feministas. Madrid: Traficantes de Sueños, 2013.
.FOUCAULT, Michel. As malhas do poder. Conferência proferida em 1976 na faculdade de filosofia da Universidade Federal da Bahia.
________. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
________. Nascimento da biopolítica: curso dado no Collège de France (1978-1979). São Paulo: Martins Fontes, 2008.
.GIARDINI, Federica and Simone, Anna. “Reproduction as Paradigm: Elements for a Feminist Political Economy”, Viewpoint Magazine, Issue 5 (Social Reproduction), 2015. Disponível: https://goo.gl/xPXCER.
.GRAEBER, David. Dívida: 5.000 anos. São Paulo: Três Estrelas, 2016.
.HALL, Stuart. “Gramsci and Us”. Marxism Today, June 1987. Disponível em: https://goo.gl/P6ZKbt.
.HARDT, Michael e NEGRI, Antonio. Império. Rio de Janeiro: Record, 2005.
________ e NEGRI, Antonio. Commonwealth. Cambridge: Harvard University Press, 2009.
.LAZZARATO, Maurizio. O governo do homem endividado. São Paulo: Edições n-1, 2017.
________. Signos Máquinas Subjetividades. São Paulo: Edições Sesc São Paulo: n-1 edições, 2014, p. 14.
.MACHEREY, Pierre. “The productive subject”. Viewpoint Magazine, Issue 5 (Social Reproduction), 2015. Disponível em: https://goo.gl/W2FiQx.
.MARAZZI, Christian. O lugar das meias: a virada linguística da economia e seus efeitos sobre a política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.
.MARX, Karl. Grundrisse: manuscritos econômicos de 1857-1858: esboços da crítica da economia política. São Paulo: Boitempo; Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2011.
________. O Capital, Livro 1, Capítulo VI (inédito). São Paulo: Livraria Editora Ciências Humanas, 1978.
.MEZZADRA, Sandro; BRETT, Neilson. Border as Method: Or the Multiplication of Labour. Durhan e Londres: Duke University Press, 2013.
.POLANYI, Karl. A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2012.
.RANCIERE, J. A noite dos proletarios : arquivos do sonho operario. São Paulo : Companhia das Letras 1988.
.READ, Jason. The micro-politics of the capital: Marx and the prehistory of the present. USA, NY: State University of New York Press, 2003.
.REICH, Wilhelm. O que é a consciência de classe? Coleção Textos Exemplares n.6. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1976.
.ROQUE, Tatiana. “Restauração neoliberal e a dissolução da democracia”. Prelo.
________. “Sobre a noção de problema”. Revista Lugar Comum – Estudos de mídia, cultura e democracia. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório Território e Comunicação – LABTeC/ESS/UFRJ, Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.
.PALESTRA. Anne Sauvagnargues. Le Lacano-marxisme de Deleuze et de Guattari. Colloque Mai 68 en Quarantaine, Session Effets Philosophiques de Mai 68: Crises, fractures, déplacements, 23 de maio de 2008. Disponível em: https://goo.gl/zyuXZ6
.ENTREVISTA TEMPO LIVRE com Antonio Negri: https://goo.gl/8e8eGX
.ENTREVISTA TEMPO LIVRE com Maurizio Lazzarato: https://goo.gl/p1x1o4
.ENTREVISTA TEMPO LIVRE com Tatiana Roque: https://youtu.be/beM02ckbJl4
.ENTREVISTA REVISTA DR, edição e corte TEMPO LIVRE com Silvia Federici: https://youtu.be/PjT6ZwZdusA
.newsMÍDIA: LAZZARATO, Maurizio. A política de guerra da dívida. Revista do Instituto Humanitas Unisinos, 16 de outubro de 2017. Disponível em: https://goo.gl/rwDtrg